Iniciação aos aviões de indoor

Iniciação aos aviões de indoor

Mensagempor Chispas » 24 jan 2009, 15:46

Pequena introdução
O aeromodelismo em indoor é uma modalidade muito praticada no estrangeiro pois a maioria dos países não tem um clima temperado como o nosso e que nos permite voar no exterior sempre que não chove. Claro que quem pratica aeromodelismo radio-controlado no exterior também o quer fazer em interior, quando o clima está mais agreste p.ex..
Até há alguns anos poucas opções haviam devido à escassez de modelos, motorizações e electrónica adequados para o efeito.
Na melhor das hipóteses o aeromodelista dedicava-se ao voo-livre de indoor:

Imagem
http://peanut.scale.free.fr/c-bu133.htm
Eis alguns sites com modelos de indoor:
http://www.ffscale.co.uk/index.htm
http://www.aeronutz.flyer.co.uk/rcindoor.htm
http://www.microflight.be/

Ou construía um modelo similar e adaptava-o para os motores, baterias, receptores e servos então disponíveis:
Imagem
Melga, com cerca de 1m de envergadura e peso estimado de 200g.
Eram comuns os motores de escovas 150, 180 ou similares com redutora, os “micro-servos” com 12g e baterias NiCad com 60g ou mais:
gws1040-servos-450.jpg


Modelos (quase) prontos a voar poucos havia e surgiu então o SlowStick da GWS:
Imagem
Envergadura: 1.176m; Área Alar: 32.64dm2; Peso: 405~440g; Carga Alar: 12.4~13.5 g/dm2
– voo lento mas a precisar de espaço.

Ora com tanto peso e baixa eficiência dos conjuntos de electrónica e motorização não é de admirar que esses primeiros modelos não passassem de adaptações de pequenos modelos de exterior, parkflyers, e tivessem de ser grandes, em relação ao que hoje é comum, para terem área alar suficiente para suportar o seu elevado peso.

Com o aparecimento das baterias de polímero de Lítio, de motores brushless suficientemente leves e potentes, receptores e controladores pequenos e eficientes actualmente temos a possibilidade de realizar o nosso próprio modelo de indoor, seja acrobático ou escala.

Escolha do aeromodelo, tipo e dimensões.
Ora bem, gostamos de aeromodelismo, temos um pavilhão onde praticar e só falta escolher o aeromodelo.
É aqui que entram as condicionantes ao voo mesmo antes de elegermos o modelo.

O espaço disponível
Esta é a primeira condicionante na escolha de um modelo para indoor.
A maioria dos pavilhões onde se pratica o voo indoor são ginásios de escolas que na sua maioria têm entre 15 a 20 metros de largura por 20 a 30 metros de comprimento úteis, ou seja, sem bancadas nem postes e tabelas de basquete, p.ex., com uma altura que pode não ultrapassar os 5 metros. Para quem está habituado à prática de aeromodelismo no exterior um espaço assim pode parecer claustrofóbico.
Num ginásio com estas medidas um aeromodelo precisa de ser lento para proporcionar um voo relaxado ou terá de ser acrobático e a sua pilotagem irá requerer reflexos bem rápidos e treinados de modo a evitar chocar com as paredes ou o tecto a todo o momento.


Aeromodelos:

Eis alguns mini ou micro RTF, Ready To Fly:
Modelos para pavilhões pequenos

Cessna 210 da Kyosho:
Imagem
http://www.kyosho.com/eng/products/rc/d ... _id=101628
Envergadura: 38cm; Área alar: 2,2Dm2; Peso: 18g de peso; Carga Alar: 8.2g/Dm2
- Voo com uma velocidade média

Citabria da Kyosho:
Imagem
http://www.kyosho.com/eng/products/rc/d ... _id=103141
Envergadura: 42cm; Área alar: 3,3Dm2; Peso: 22g; Carga Alar: 6.6g/Dm2
- Voo com uma velocidade média baixa

Edge 540 da Kyosho:
Imagem
http://www.kyosho.com/eng/products/rc/d ... _id=104168
Envergadura: 38,5cm; Área alar: 2,64Dm2; Peso: 30g; Carga Alar: 11.4g/Dm2
- Voo com uma velocidade alta e acrobático

Também a ParkZone tem os seus micros:
O Ember:
Imagem
http://www.nesail.com/detail.php?produc ... c001a838a1
Envergadura: 41,1cm; Área alar: 4,1Dm2; Peso: 18g; Carga Alar: 4.4g/Dm2
- Voo com uma velocidade lenta

E o Vapor:
Imagem
http://www.nesail.com/detail.php?produc ... c001a838a1
Envergadura: 37,5cm; Área alar: 5Dm2; Peso: 15g: Carga Alar: 3g/Dm2
- Voo com uma velocidade muito lenta

Estes micros da Kyosho e Parkzone vêm completos, com rádio, em 2.4GHz, bateria Lipo e carregador só precisando de pilhas para o rádio e carregador.


Os médios na forma de ARF, Almost Ready to Fly:
De preferência para pavilhões médios, de entre muitos estes são clássicos:

PicoStick:
Imagem
http://m-a-e.com/Sub_Pages/Products/Kit ... Videos.htm
Envergadura: 1,05m; Área Alar 15.28Dm2; Peso 185~200g; Carga Alar: 11.1 g/dm2
– Voo lento e a precisar de um ginásio médio

Tiger Moth:
Imagem
http://h1071118.hobbyshopnow.com/produc ... od=GWS1020
Envergadura: 80cm; Área Alar 18.6Dm2; Peso 215~275g; Carga Alar: 11.5~ 14.8g/dm2
– Voo médio e a precisar de um ginásio médio, pode-se baixar o peso.

S.E.5a:
Imagem
http://h1071118.hobbyshopnow.com/produc ... od=EFL1925
Envergadura: 76cm; Área Alar 20Dm2; Peso 215~225g; Carga Alar: 10.75~ 11.25g/dm2
– Voo médio, pode-se baixar o peso.


Os acrobáticos ou ShockFlyers:
Para estes o espaço quanto maior melhor:

O SuperStar da Ikarus:
2011002_p1.jpg

http://www.ikarus-modellbau.de/onlinesh ... uper-Star/
O primeiro(?) e que gerou a tendência actual.
Envergadura: 80cm; Área Alar 14,5Dm2; Peso 220; Carga Alar: 15.2g/dm2
– Voo médio e a precisar de um ginásio médio, pode-se baixar muito o peso.

Eis outro exemplo mais moderno com apêndices aerodinâmicos para ser mais estável e lento,
Vega da Donut Models:
Imagem
http://shop.donuts-models.com/boutique/ ... _fr&num=14
Envergadura: 83cm; Área Alar 15,1Dm2; Peso 95~130g; Carga Alar: 6.3~8.6g/dm2 – Voo lento

Normalmente construídos em Depron ou EPP fazem quase todas as manobras de que nos lembremos.
Podemos comprar as placas de Depron ou EPP e construir os nossos próprios ShockFlyers. Voltarei ao assunto nos materiais.


Modelos para construção em balsa ou kits:
Mais trabalhosos e que voam bem dependendo o espaço das dimensões e peso finais.
Das várias marcas eis duas muito boas pelos seus kits:

Guillows:
Imagem
http://www.guillow.com/GuillowDetail.as ... amilyId=1#
http://www.guillow.com/guillowList.asp? ... familyid=1

Herr Engineering:
Imagem
http://www.sigmfg.com/cgi-bin/dpsmart.e ... html?E+Sig

E muitos outros:
http://www.samsmodels.com/acatalog/copy ... _Kits.html


Pelos exemplos que atrás vimos além do espaço a dimensão e o peso do modelo, e respectiva carga alar, condicionam que tipos de modelos podemos voar e onde:

- Com Carga Alar acima de 12g/Dm2 o modelo será rápido e precisará de bastante espaço para evoluir;
- Abaixo dos 8g/Dm2 o voo torna-se lento;
- Com menos de 4g/Dm2 o voo torna-se bastante lento com velocidades que podem ser similares á de uma pessoa a caminhar e se o modelo for sufientemente pequeno até uma sala grande serve para este evoluir.

Fica claro que a dimensão do modelo impõe algumas restrições porquanto um modelo maior precisa de mais espaço para manobrar mas este será tanto menor quanto menor o seu peso ou carga alar.

Eis um exemplo de um modelo que dada a baixa área alar e elevado peso, e consequente elevada carga alar, não é indicado para indoor a não ser num pavilhão grande:
Imagem
http://www.hobby-lobby.com/nemesis.htm

Pelas razões atrás mencionadas o modelo pode ser muito bonito mas as suas dimensões e peso é que vão determinar se será um sucesso ou se teremos de procurar um espaço maior para que possa evoluir.

Num próximo post falaremos de material de propulsão mas na sua grande maioria estes modelos já se encontram suficientemente testados e os vendedores têm já escolhido um conjunto de motor/bateria/controlador/hélice indicado para os mesmos.
Não tem Permissão para ver os Ficheiros anexados nesta Mensagem.
Avatar do Utilizador
Chispas
Membro do Staff
 
Mensagens: 3406
Registado: 22 dez 2008, 01:15
Localização: Sintra

Iniciação aos aviões de indoor- Electrónica e Propulsão

Mensagempor Chispas » 24 jan 2009, 15:49

Motores, controladores, baterias, receptores e servos:

Para quem quer construir os seus próprios modelos eis os items de que vai precisar, sendo apenas sugestões pois ao ritmo a que a modalidade de indoor tem evoluído torna-se difícil que o que hoje é pequeno e leve amanhã não seja grande ou pesado:


Para pequenos modelos até 25g:

Eis um belo exemplo, oriundo da Donuts Models:
Imagem
http://www.rcgroups.com/forums/showthread.php?t=806218

A placa electrónica Minium da Kyosho, ou Parkzone, das Cessna e Citabria, ou as novas da ParkZone e compatíveis com os Spektrum DSM2, inclui receptor, dois servos lineares e controlador do motor, temos assim 3 canais, compreendendo também o motor de 6mm e redutora:
Electrónica Minium.JPG

A placa electrónica pesa 3,5g e o conjunto, incluindo a bateria e hélice, perto de 10g.

No caso da nova placa electrónica, dos Minium AD, temos 4 canais e os servos são similares aos tradicionais:
Kyosho brick Cherokee.jpg

Podem-se comprar no eBay ou nas lojas.
Este motor tem um binário de cerca de 10g.
A bateria original é um elementos de 70mAh com cerca de 2,5g que poderá ser substituído por outro de maior capacidade embora a autonomia, mais de 10minutos, não mereça reparos:
Lipo Minium3.jpg


Para modelos acrobáticos até 30g ou modelos tipo escala até 40g de modelo:

Podemos usar o novo motor, do Edge 540, com 8mm de diâmetro
ou substituir o motor por outros, similares mas maiores:
Voodoo25200150.jpg

http://www.atomicworkshop.co.uk/catalog ... cts_id=185
Este motor, mais pesado 1g que o das Minium com 3,5g, tem um binário de 25g usando o hélice fornecido.

As placas Minium da Kyosho e ParkZone suportam consumos de até 1 Ampere permitindo o uso destes motores maiores ou de 2 motores de origem em paralelo, dum bimotor, p.ex.
Para estes motores maiores e com mais consumo podemos comprar baterias com mais capacidade que a original:
Cyclone130400300.jpg

http://www.atomicworkshop.co.uk/catalog ... cts_id=190

Também podemos usar um pequeno motor brushless de 2g:
Motor 2g e variador.jpg

http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... ner_7700kv
Binário de 32g com o hélice recomendado, GWS 3020
O controlador é este: http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... oduct=7184
E ligá-lo à placa da Minium: http://www.bsdmicrorc.com/index.php?productID=868

Comparando com outros produtos este é o sistema mais barato/leve no mercado mas eis outros que também servem para o uso pretendido:
Receptores:
BreezeMKIIIbACC480-2.jpg

http://www.falconmodels.uk.com/acatalog ... pment.html
Sistema com receptor e servos pesando 4,8g mas sem controlador do motor.

Ou um micro receptor, 35MHz e já com variador de 2A, e e actuadores electromagnéticos que podem ser usados em vez de servos::
Micro-invent_Rx_Act.jpg

http://www.micronradiocontrol.co.uk/mi_radio.html já com controlador do motor de 2Amperes.
http://www.micronradiocontrol.co.uk/mi_radio.html

ou os servos de bio-metal:
Bio-metal.jpg

http://www.indoorflyer.co.uk/toki-1gm-b ... -438-p.asp
As baterias poderão ser as mesmas de 60 a 130mAh
http://www.atomicworkshop.co.uk/catalog ... cts_id=181
http://www.atomicworkshop.co.uk/catalog ... cts_id=190


Modelos até 60g ou um pouco mais:
Algum do material postado atrás também serve nalguns casos mas os sistemas de actuador electromagnético ou as placas Minium têm dificuldades em lidar com a força necessária para actuar as superfícies móveis, maiores e mais pesadas.

Receptores:

Receptores em 2.4Ghz para quem tenha rádios do tipo:
Futaba e Spectrum.jpg

Futaba: http://2.4gigahertz.com/receivers/futl7626b.jpg
e Spektrum, http://www.indoorflyer.co.uk/spektrum-a ... -472-p.asp
O receptor da Futaba, depois de tirada a caixa, poderá perder 2g
De notar que as fichas de ambos são do tipo JST para micro-servos com esse tipo de ficha.

Poderá usar-se os servos de bio-metal mencionados atrás ou servos "normais" de 2,5g:
http://www.indoorflyer.co.uk/blue-arrow ... -501-p.asp

motor brushless de 5g para modelos lentos:
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... ner_2000kv
Binário de até 90g com hélice 4X2.5
Alguns aeromodelistas conseguiram usar este motor com bateria de 1 elemento, poupando no peso do conjunto.

Motor um pouco mais potente, 9g, para modelos acrobáticos:
http://www.indoorflyer.co.uk/1818-2000k ... -351-p.asp
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... _Outrunner
Binário de 130g com hélice GWS7035 e bateria 2S.

Controladores:
http://www.micronradiocontrol.co.uk/budget_bldc.html
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... Controller

Podemos usar motores de escovas mas dado o seu preço não os acho convidativos:
http://www.falconmodels.uk.com/acatalog ... llers.html

As baterias poderão ser as de 130mAh até 250mAh em baterias de 1 ou 2 elementos consoante a necessidade de potência e o tipo de motor usado:
http://www.atomicworkshop.co.uk/catalog ... cts_id=190
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... gle_cell__


Modelos a partir de 120g:

Qualquer pequeno receptor com um peso inferior a 10g serve o propósito sendo que os de 2.4GHz ou os Schulze em 35MHz serão os mais indicados:
http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... cts_id=470
http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... ucts_id=46

Baterias de lipo 2S
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... ipoly_Pack
Destas precisaremos de 2 elementos:
Baterias 240-350.jpg

http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... gle_cell__

Servos:
http://www.indoorflyer.co.uk/blue-arrow ... -501-p.asp
http://www.indoorflyer.co.uk/micro-serv ... -310-p.asp

Controladores:
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... Controller
http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... cts_id=244

Motores para escalas:
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... _Outrunner
http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... unner_(10g)

Motores para acrobáticos:
http://www.indoorflyer.co.uk/2822-2500k ... -353-p.asp
http://shop.donuts-models.com/boutique/ ... _fr&num=19
http://shop.donuts-models.com/boutique/ ... _fr&num=19
Não tem Permissão para ver os Ficheiros anexados nesta Mensagem.
Avatar do Utilizador
Chispas
Membro do Staff
 
Mensagens: 3406
Registado: 22 dez 2008, 01:15
Localização: Sintra

Iniciação aos aviões de indoor-Materiais

Mensagempor Chispas » 24 jan 2009, 15:59

Modelos de indoor, materiais e dicas.

Queremos construir um ShockFlyer em Depron, EPP ou uma miniatura em balsa, quais são os materiais mais leves?
Que colas usar? E o acabamento? E posso pintá-lo?

Podem ser construídos com uma diversidade de materiais.
Os mais comuns são o Depron, o EPP e a balsa embora possamos usar materiais similares desde que o seu peso permita obter um modelo que não fique demasiado pesado.

Para os shockflyers é muito comum usar-se o Depron ou EPP enquanto os escalas tanto se encontram em balsa como em Depron ou uma mistura dos dois materiais.

Materiais de construção

Depron:
Um poliestireno "parente" do esferovite: http://en.wikipedia.org/wiki/Depron#Ext ... yrene_foam é uma marca registrada.
Podemos comprá-lo de várias cores e densidades, de vários fabricantes, mas conhecemo-lo como Depron e assim ficou esta marca a designar material de diversas origens e denominações.
As placas têm dimensões e espessuras diversas embora o mais comum para o fim que temos em vista sejam as placas com cerca de 1x1,2m e 3mm de espessura. Para algumas peças poderemos usar 6mm de espessura, ou duas de 3mm, e para os modelos menores temos disponíveis espessuras que variam até aos 0,5mm:
http://www.durobatics.com/products.htm
http://www.samsmodels.com/acatalog/Depron_Foam.html

Boa explicação sobre o Depron:
http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... ad7e5e924e

Convém usar as placas com o alinhamento dos veios deixados pelo acabamento no sentido do comprimento das peças ficando estas mais resistentes nesse sentido, é possível distingui-lo colocando a placa sob luz forte e num ângulo de cerca de 30º,
e com a face mais brilhante para o lado que queremos mais resistente, para baixo no caso das asas para estas flectirem menos p.ex..

Depron e outros.jpg


EPP:
Um produto similar em peso às esferovites mais densas o EPP, Expanded-Poli-Propylen ou polipropileno expandido, tem a textura de uma esponja plástica.
http://en.wikipedia.org/wiki/Polypropylene
Suporta muito bem os impactos e algumas variantes recuperam a forma após deformação.
Pode ser colado com cola de contacto "normal", cola-quente, além da cola UHU Por e similares. Os testes de colagem que realizei com cyano só resultaram em superfícies termo-formadas, ou seja, com acabamento regular ou brilhante.
Sendo bastante flexível quando usado em placas finas tem de ser reforçado com carbono.

Eis um exemplo de um modelo construído em EPP:
TR-Piaget-EPP.jpg

http://www.hobbycity.com/hobbycity/stor ... _EPP-CF_3D

Balsa:
Madeira de uma árvore tropical sul-americana que depois de tratada é muito leve.
Existem 3 designações que classificam o peso e rigidez.
Materiais 003.jpg

Quanto mais clara é a balsa e com menos veios visíveis mais leve esta é. Claro que também é menos resistente e susceptível a marcas por contacto.
Na maioria das lojas só encontraremos a balsa mais pesada e a média sendo uma sorte encontrar da mais leve.

Podemos encontrar à venda placas de balsa com 10x100cm ou na versão inglesa de 3X36", cerca de 7,5 por 91,5cm.
As espessuras disponíveis variam entre 0,8 e 10mm ou mais.
Também é possível adquirir varas de várias espessuras e acabamentos, em triângulo p.ex., mas para modelos indoor é mais prático comprar um fatiador que servirá para cortar varas à medida por muito tempo:
balsastripper.jpg

Este é da Master Airscrew mas encontra-se com outras marcas.

A balsa mais pesada serve principalmente para produzir longarinas e peças estruturais reservando-se a balsa mais leve para peças com mais área, como asas e estabilizadores.
Podemos também usar o Depron como substituto da balsa em peças como estabilizadores ou asas.

Contraplacado:
Na sua espessura menor, 0,4mm, serve para reforçar tanto a balsa como o Depron.
Serve também para fazer os braços de actuação das superfícies móveis, os horns.
No caso de termos acesso a máquina de corte a laser ou CNC é possível construir toda a estrutura em contraplacado de 0,4mm que será depois forrado com Depron fino ficando com um acabamento e leveza difíceis de ultrapassar:
Imagem

Carbono:
Disponível em varetas, tubos ou réguas de espessuras variadas permite reforçar as estruturas em Depron, EPP ou balsa e para as varetas de comando das superficíes móveis.
Eis um exemplo da sua aplicação:
TR-Piaget-carbono.jpg

http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... ad7e5e924e

Fio de costura em nylon.
Pois... dirão alguns, para que serve?
Para fazer comandos push-pull, em vez das varetas em carbono, além de poupar peso evita folgas.
E para suportar asas, como aqui:
Imagem
A asa não tem apoios ou resistência suficientes sem os cabos que a suportam


Revestimentos:

Mylar:
Um filme plástico muito leve, usaremos as densidades de 2 a 10g/m2:
http://www.indoorflyer.co.uk/clear-myla ... -249-p.asp
Tem outra variantes com cores:
Imagem
http://www.indoorflyer.co.uk/ra-microlite-248-p.asp
A esta família também pertence o vulgar plástico transparente com que se embala a comida:
Imagem
Mais pesado que o mylar mais fino, pode ser usado como substituto e é muito mais barato.

Papel-japão:
Papel muito leve, desde 12 a 21g/m2
http://www.diasguimaraes.com/catalog/ad ... el&x=0&y=0
Conhecido dos praticantes de voo livre e disponível em várias densidades e cores.
O antigo modo de acabamento, com várias camadas de verniz de banana ou verniz celulósico (Dope), é pesado e trabalhoso além de poder levar a empenos nas estruturas.
De modo a evitá-lo alguns aeromodelistas preferem aplicá-lo sem acabamento, de modo a poupar peso, mas para evitar que venha a encolher com a humidade e empenar a estrutura deve ser esticado antes, molhando-o, esticando e secando-o antes da aplicação. Além do antigo acabamento com verniz e pintura pode também ser impresso numa impressora para um acabamento a cores.

SoLite da Solarfilm:
Filme retráctil similar ao Solarfilm mas mais leve, cerca de 20 a 25g/m2.
Disponível em várias densidades e cores:
http://www.micronradiocontrol.co.uk/air ... ering.html

Existem ainda outros filmes e designações mas estes são os mais comuns e leves.

Depron:
Pois é, o Depron mais fino pode ser usado como revestimento, podendo mesmo ser impresso a cores:
Imagem
E o resto: http://pease1.sr.unh.edu/aew/rc/Kyosho_E-III/


Colas:

Cola de Contacto
Materiais 009.jpg

Uma cola que permite colar o EPP de forma permanente mas que permite a este manter alguma flexibilidade entre peças coladas.
O excesso de cola pode ser retirado com alcóol enquanto não secar.
Disponível nas grandes superfícies.


Para colar Depron, ou materiais similares como esferovite, temos disponíveis dois tipos de colas bem diferentes:

Cyano ou Cyanolite Odorless ou "para foam" e respectivo activador:
Imagem
http://www.peck-polymers.com/store/Prod ... asp?Cguid={FB4B7EFD-66C4-497C-8098-EE7E822446F5}&ProductID=4745
Esta página tem uma boa explicação sobre o uso deste tipo de cola:
http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... ad7e5e924e
É preciso algum cuidado com este tipo de colas, especialmente com a vista, e não devemos respirar o seu vapor.
Cola carbono, Depron, balsa e a maioria dos materiais.
O Cyano garante uma colagem rígida e que parte com pancadas mais fortes.
Não costumo usar activador mas para grandes áreas de colagem é indispensável.

Para descolar pode-se usar o Debonder:
http://www.aerovolt.com/product_info.ph ... ad7e5e924e

Cola UHU Por ou Creative "para foam":
Imagem
http://www.peck-polymers.com/store/Prod ... asp?Cguid={FB4B7EFD-66C4-497C-8098-EE7E822446F5}&ProductID=4347
Uma cola do tipo "de contacto" quase transparente, disponível em lojas com material de escritório.
Cola Depron, balsa e materiais porosos, como camadas de Depron e balsa ou contraplacado para reforçar o Depron.
Tem de se ter cuidado para não deixar excessos de cola e esperar que seque um pouco antes de unir as peças que depois de unidas já não permitem a separação, é uma questão de experimentar antes e uni-las à primeira tentativa.
Garante uma colagem flexível que permite absorver algumas pancadas mais ligeiras antes das peças dobrarem ou partirem.

Cola UHU Stick:
Imagem
http://www.peck-polymers.com/store/Prod ... asp?Cguid={FB4B7EFD-66C4-497C-8098-EE7E822446F5}&ProductID=4565
Cola "em baton" para papel, disponível em lojas com material de escritório
Permite colar filme de mylar ou similares, como o "Glad" usado para embalar, os auto-colantes das Minium e também papel-japão. Adere bem ao Depron, para colar filme neste, sem no entanto servir para colar Depron.
Pode ser diluída com alcóol ou água e permite o reposicionamento ou recolagem.

Cola UHU Hart:
Materiais 010.jpg

Cola celulósica para colar balsa, secagem rápida, disponível em lojas com material de escritório.
Pode ser diluída com alcóol para colar papel-japão ou outros tipos de revestimento.
Ataca o Depron.

Cola de madeira:
Imagem
http://www.pattex.cz/produkty/img/pattex_express_l.jpg
Desde a tradicional "cola branca de carpinteiro" a estas colas modernas, serve para colar balsa, papel-japão ou filme de revestimento.
Desde que usada em quantidades reduzidas permite fazer construções leves e flexíveis.
As versões modernas, "fast dry" como a apresentada, permitem um reduzido tempo de pressão das peças a colar mas só atingem total adesão após 24 horas.

Cola quente:
Imagem
http://www.germes-online.com/direct/dbi ... ue_Gun.jpg
Uma cola pesada mas que permite fazer junções de materiais rígidos, como os trens de aterragem em carbono p.ex.
Pode ser substituída pela cola de Epoxy, Araldite ou Silicone, esta mais flexível, mas tendo sempre o cuidado de usar o mínimo possível dado o elevado peso destas colas.


Facas, xactos e afins:
Imagem
http://www.xactoproducts.com/p_cuttingtools_knives.asp

Para cortar Depron ou balsa quase qualquer boa lâmina serve mas... as lâminas perdem o "fio" ao fim de poucos cortes em materiais flexíveis.
Os melhores resultados que tenho obtido tem sido com lâminas de bisturi ou com lâminas de barba tradicionais:
BICdouble_edge_bladeHR.jpg

http://www.bicworld.com/images_upload/p ... ladeHR.jpg
O corte de Depron ou de balsa mais fina ou macia fica com melhor aspecto e as lâminas duram mais tempo.


Tintas e acabamentos de cor:
Como já postei atrás tanto o papel-japão como o Depron podem ser coloridos.

- O papel-japão pode ser impresso ou pintado com vários tipos de tintas, desde as celulósicas às acrílicas e de spray além das pinturas com aerógrafo.

- O depron pode ser impresso ou pintado com tintas de spray ou marcadores próprios além da pintura tradicional com aerógrafo com tintas aquosas ou acrílicas desde que se testem previamente os solventes, alcóol em vez de Thinner por exemplo.

- Para pintar o EPP pode-se usar tintas em spray "normais" sendo aconselhável experimentar primeiro numa peça excedente pois alguns solventes reagem com o EPP.

Eis algumas das tintas que uso para o Depron:
Tintas-1.jpg

Marcadores à base de alcóol da Bic, para pequenas áreas e traços, e spray da Tamiya 4WD, tem escrito na tampa MS e a referência da cor. Já bem testados não atacam o Depron.
Outra tinta bastante útil é a acrílica, seja a XF da Tamiya ou outra desde que o solvente seja água ou alcóol.
Não tem Permissão para ver os Ficheiros anexados nesta Mensagem.
Avatar do Utilizador
Chispas
Membro do Staff
 
Mensagens: 3406
Registado: 22 dez 2008, 01:15
Localização: Sintra

Re: Iniciação aos aviões de indoor

Mensagempor Chispas » 27 jan 2009, 13:50

Este tópico foi elaborado com a inspiração e ajuda, correcções e sugestões das seguintes pessoas a quem agradeço:

Chaleta
Gil
King_Pin
Moraes
Oliveira
Paulo
StarRider
ZTXNew

As mensagens que foram postadas com as dicas e ajudas destes, foram movidas para zona restrita após terem sido incorporadas no texto principal.

Vamos manter estes stickys de aconselhamento a iniciados desbloqueados. Caso notem necessidade de actualizar , corrigir ou acrescentar informação podem responder nestes mesmos tópicos.

Mas a mecânica será sempre aproveitar as dicas, incluir no texto e limpar mensagens desnecessárias deixando para os iniciados apenas o sumo do consenso obtido, pelo que peço-vos que se abstenham de fazer posts desnecessários tipo: "está fixe..."

Obrigado!
Avatar do Utilizador
Chispas
Membro do Staff
 
Mensagens: 3406
Registado: 22 dez 2008, 01:15
Localização: Sintra

Re: Iniciação aos aviões de indoor

Mensagempor PedroCruz » 20 nov 2013, 02:18

Este post dava uma pagina de wiki!

Muito bom
Avatar do Utilizador
PedroCruz
Membro com baixo nível de participação
 
Mensagens: 17
Registado: 06 nov 2013, 16:37


Voltar para Indoor - Dúvidas - Iniciação

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron